Banner

Saudação

Sejam Bem-Vindos! Hoje é

domingo, 23 de março de 2014

MWC 2014: Huawei sai na frente e anuncia 5 produtos

MediaPad X1


A chinesa Huawei não quis esperar o início da MWC deste ano para mostrar ao mundo seus novos produtos. Um dia antes da abertura oficial, convocou a imprensa e anunciou 5 gadgets – a empresa nunca havia lançado tanta coisa focada no consumidor final de uma só vez. No mesmo evento ela mostrou uma pulseira inteligente, um smartphone, um tablet, um phablet e um hotspot.

O destaque, certamente, fica para o MediaPad X1, phablet que tem a pretensão de ser um sério concorrente para o Nexus 7 2013 do Google. Começando pela tela, de 7 polegadas e resolução de 1920x1200 (a mesma do Nexus 7), o que resulta em uma impressionante densidade de pixels de 323 pontos por polegada quadrada, e uma configuração para lá de atraente: processador quad-core de 1,6 GHz, 2 GB de memória RAM e 16 GB de memória interna. Não foi dito quem é o fabricante do processador, mas acreditamos que seja a própria Huawei, como aconteceu com Ascend P6.
Outra característica interessante do MediaPad X1 é o suporte ao padrão LTE-Advanced, capaz de transmitir dados com velocidades de até 150 Mbps em 16 bandas diferentes (com sorte o padrão brasileiro é um deles), além de uma bateria massiva de 5000 mAh, a maior vista em um gadget desse tamanho até então (como referência: o Nexus 7 2013 tem uma bateria de 3950 mAh), o que por si só já é uma característica interessante, mas fica ainda melhor quando damos uma olhada nas dimensões dele.
MediaPad X1Coletiva da Huawei (Fotos: Igor Lopes / Canaltech)
A espessura máxima do phablet é de 7,18 mm – algumas partes chegam a 5 mm. Essas dimensões fazem dele o mais fino aparelho da categoria. O Nexus 7 2013, por exemplo, tem 8,7 mm, e o iPad Mini Retina  tem 7,5 mm. Mesmo que a bateria do MediaPad X1 seja maior do que os concorrentes, ele é cerca de 16% menor do que o Nexus 7 2013 e 30% menor do que o iPad Mini Retina. Apesar das dimensões reduzidas, a tela é generosa, isso porque 80% de sua superfície é ocupada por ela. As bordas são muito finas e isso não chega a ser um problema para o uso, já que existe um sistema inteligente que não considera o toque do dedo caso ele esteja sendo usado apenas para segurar o aparelho. Uma outra característica interessante é o brilho da tela: 515 nits, detalhe que supera em muito os concorrentes. Na parte traseira, de alumínio, há uma câmera de 13 Megapixels com LED, aliado a uma câmera de 5 megapixels na parte frontal.
Estranhamente o MediaPad X1 vem com o Android 4.2.2 (Jelly Bean) ao invés do 4.4 (Kit Kat), e este é o seu principal ponto fraco, já que o Kit Kat foi anunciado ainda no ano passado e nada foi dito sobre possíveis atualizações. Vale a pena mencionar que, com um cartão SIM para a conexão 4G, é possível fazer e receber ligações. Só é um pouco estranho usar esse gigantão como telefone, né? Por último, temos o preço anunciado de 399 euros (cerca de R$ 1300 ) para a versão de 16 GB.
X1

Ascend G6

Em meio a tantos smartphones top de linha que já foram anunciados (como o LG G Pro 2, por exemplo), ou que ainda serão lançados, a Huawei optou pelo segmento intermediário com o Ascend G6. Com uma tela de 4,5 polegadas e resolução de 960x540, já percebemos o foco no público médio, ou "público jovem", como a Huawei prefere anunciar. Ainda assim, o aparelho não chega a decepcionar com o seu processador de quatro núcleos rodando a 1,2 GHz, 1 GB de memória RAM, câmera traseira de 8 megapixels e Android 4.3 Jelly Bean. 
Ascend G6
Nos parece que o Ascend G6 é a resposta da Huawei ao Moto G da Motorola, tanto pelas especificações quando por trazer um grande diferencial: conexão 4G, algo surpreendente se levarmos em consideração que ele custa somente 249 euros (R$ 800) no mercado europeu. Outro foco do G6 é em "selfies": ele traz uma câmera frontal de 5 megapixels, assim como o MediaPad X1, e um modo de pré-visualização para ajustes, capaz também de tirar fotos com áudio, recurso que se tornou relativamente popular após o lançamento do Galaxy S4. A câmera frontal também possui uma lente grande angular para permitir um ângulo de visão maior, permitindo que mais pessoas caibam nas "selfies" registradas.

TalkBand

Aproveitando a moda de tecnologias vestíveis a Huawei também anunciou o TalkBand, produto parecido em funções e visual ao Nike FuelBand. É uma pulseira flexível a prova d'água e poeira com um display monocromático OLED de 1,4 polegada que monitora a saúde e o sono do usuário. Ela é configurada pelo aplicativo da Huawei para smartphones e se conecta via NFC ou Bluetooth 4.1, sendo capaz de atender chamadas como o Galaxy Gear e é capaz de aguentar até duas semanas em modo stand-by. O aparelho pode ser recarregado via USB.

TalkBand

O display também mostra a hora (mais um recurso high-tech, hein?) e estará disponível em seis cores diferentes com um preço bastante acessível de 99 euros (R$ 320). Porém, assim como o Galaxy Gear, ele só funcionará com smartphones e tablets da Huawei, um inconveniente e tanto.
MediaPad M1
Como nem só de tablets top de linha vive o mercado, a Huawei anunciou o irmão menor do X1, o MediaPad M1. Ele traz uma tela mais básica de 8 polegadas e resolução de 1280x800, mas o processador é o mesmo quad-core de 1,6 GHz (não foi dito se ele terá 1 ou 2 GB de memória RAM). A câmera frontal também é de 5 megapixels, e ele também possui o corpo em alumínio.

MediaPad M1

A bateria não é tão grande como a do X1 mas não deixa de surpreender: 4800 mAh, capaz de fornecer uma boa autonomia sem deixar o tablet pesado (ele tem apenas 329 gramas) ou grosso (espessura de 7,9 mm, mesma do Galaxy S4). O valor anunciado é apenas um pouco menor do que o do X1, 299 euros (R$ 970) no mercado europeu, e ele traz a mesma versão do Android Jelly Bean 4.2.2.
E5786
Pelo nome você já sabe que não estamos falando de um smartphone ou tablet, correto? O E5786 é um roteador móvel, por assim dizer, capaz de se conectar a até 10 aparelhos simultaneamente em todos os padrões disponíveis até agora (a, b, g, n e ac). O gadget é controlado por um processador Cortex A9 (o mesmo que equipa uma boa quantidade de smartphones). Até aí, nada de novo, mas o interessante é que ele vem com uma bateria com autonomia de até 10 horas, suportando velocidades de 300 Mbps de download e 100 Mbps de upload.

HotSpot

Ah, ele também é capaz de carregar outros dispositivos com a sua bateria de 3000 mAh, então, na pior das hipóteses, ele é uma excelente bateria externa.
Nenhum dos produtos foi anunciado fora da Europa, e não têm data oficial para chegar nem nos Estados Unidos e nem no Brasil.


[ fONTE: 
http://canaltech.com.br ] 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...