Banner

Saudação

Sejam Bem-Vindos! Hoje é

domingo, 5 de outubro de 2014

Após dez anos de vida, Orkut sai do ar e vira acervo digital de comunidades

orkut


Muito antes do Facebook, Twitter e outros sites dominarem o campo das redes sociais no Brasil e no mundo, uma plataforma criada por um engenheiro do Google fez um sucesso estrondoso em países em desenvolvimento: o Orkut. Famoso por suas comunidades, mensagens (os "scraps") e os depoimentos, o serviço durou cerca de 10 anos e saiu do ar nesta terça-feira (30).
O endereço orkut.com ainda está disponível, mas com uma novidade. A partir de hoje, a rede funcionará como um grande museu online que reúne os arquivos das milhares de comunidades e postagens trocadas nesses grupos. No total, são 120 milhões de tópicos e mais de 1 bilhão de interações que foram criadas ao longo da última década em 51 milhões de comunidades. Nostalgia pura para aqueles que viviam atrás de um convite só para ingressar no site, quando seu acesso ainda era restrito.
"De janeiro de 2004 a setembro de 2014, milhões de pessoas, espalhadas pelo mundo todo, se reuniram para discutir interesses comuns em uma vasta coleção de comunidades do Orkut. Com o objetivo de preservar a história de conexões e conversas do Orkut, este arquivo traz todo o conteúdo público dessas comunidades", diz uma mensagem na página inicial do Arquivo de Comunidades da antiga rede social.
Em um post no blog oficial do Google Brasil, Paulo Golgher, diretor de engenharia da companhia, disse que milhões de pessoas espalhadas pelo mundo todo se reuniram no Orkut em busca de interesses em comum e discussões dinâmicas com outras pessoas, principalmente através das comunidades. Para o executivo, a plataforma era um lugar para que o usuário pudesse se conectar com outros internautas que compartilhavam da mesma paixão.
"A história do Orkut é o sinal de um grande futuro, em que a web explode a cada dia com novas e ótimas opções de interação social. Esperamos que as próximas décadas sejam repletas de ainda mais conexões, comunidades e conversas como as que fizeram do Orkut um lugar especial", destacou Golgher.

Pioneiro das redes sociais


Criado em janeiro de 2004, o Orkut se tornou uma das primeiras redes sociais de sucesso no mundo, juntamente com o MySpace, que surgiu em agosto de 2003. Na época, só era possível entrar no site com um convite de alguém que já estava cadastrado e ainda seria preciso aguardar aprovação do Google para começar a usar o serviço. A medida fez com que a rede logo se difundisse entre os internautas, especialmente quando ganhou uma versão em português, em abril de 2005.
Entre as características mais marcantes do serviço estão os scraps, que nada mais eram do que as mensagens enviadas de outros usuários para você. Um dos episódios mais conhecidos foi quando a banda irlandesa U2 realizou um mega show aqui no Brasil e a usuária Katilce Miranda, que esteve no evento, recebeu mais de 4 milhões de scraps em apenas onze dias após ganhar um selinho do vocalista Bono. Ela foi uma das primeiras webcelebridades brasileiras.
Outro símbolo do Orkut era o perfil. Nele, o usuário poderia classificar outras pessoas como "confiável", "legal" e "sexy" em uma espécie de ranking. Isso sem contar nos depoimentos, que também fizeram história na rede social e funcionavam como as recomendações do LinkedIn.


É o fim

Mesmo com mudanças no design e a implementação de várias ferramentas, o Orkut não conseguiu bater de frente com outras páginas online. Para se ter ideia, em julho de 2008, o site do Google tinha 40 milhões de brasileiros cadastrados, que se tornaram o maior público do serviço. Cinco anos depois, em maio de 2013, a rede perdeu 95,6% do número de acessos fixos no Brasil, enquanto o rival Facebook fechou o mesmo período com 66,54% de visitas no país. Em dezembro do mesmo ano, a plataforma social do Google passou de 40 milhões para apenas 6 milhões de usuários no país.
O fim do serviço foi anunciado no final de junho deste ano - houve até um grupo de brasileiros que fizeram uma petição contra o fechamento da página. Ainda não se sabe se a URL orkut.com será mantida, já que o criador do site, o engenheiro turco Orkut Büyükkökten, deixou o Google há quatro meses e afirmou querer manter controle sobre o domínio. Recentemente, o ex-funcionário da gigante das buscas lançou a start up Hello, outro projeto de rede social.

E agora muda o quê?

A partir de hoje não é mais possível acessar seu perfil ou postar no Orkut, uma vez que o site se transformou nessa espécie de museu de comunidades. Caso você não queira perder suas fotos, scraps, depoimentos e postagens em comunidades do site, é possível salvar no seu computador todos esses dados por meio do Google Takeout. Esta opção pode ser acessada neste link e ficará disponível até setembro de 2016.


FONTE: http://canaltech.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...