Banner

Saudação

Sejam Bem-Vindos! Hoje é

domingo, 7 de setembro de 2014

Rumor do dia: Microsoft testa versão gratuita do Windows 8.1, o “Windows 8.1 with Bing”

Nos últimos dias, surgiram rumores de que a Microsoft estaria estudando medidas que visam, entre outros objetivos, combater o avanço do Chrome OS no mercado. Uma delas foi “vazada” recentemente: uma suposta versão gratuita do principal sistema operacional da empresa chamada “Windows 8.1 with Bing”.
Há poucas informações sobre esta versão, mas o Windows 8.1 with Bing parece não apresentar nenhuma grande alteração estrutural em relação ao Windows 8.1 “normal”, tampouco se propõe a seguir o modelo de remuneração com propaganda. O seu diferencial estaria em uma integração mais agressiva com os serviços online da Microsoft, como OneDrive, Outlook.com e, como o nome sugere, Bing.
A princípio, a ideia tem o potencial de matar três coelhos em uma cajadada só: promover os serviços nas nuvens da Microsoft, diminuir a legião de usuários que permanecem fiéis ao Windows 7 e, como já informado, combater qualquer passo mais ousado do Chrome OS.
Não que o sistema operacional do Google esteja diminuindo o espaço do Windows, mas aqui entra o cuidado de cortar o mal pela raiz: há cada vez mais Chromebooks no mercado. No Brasil, por exemplo, a Samsung lançou um Chromebook no último dia 12 pelo preço sugerido de R$ 1.099.
Windows 8.1 with Bing
Ainda não há nada confirmado sobre a existência desta versão, é bom ressaltar, mas fontes anônimas próximas à Microsoft disseram ao The Verge que o projeto é real e está em fase de testes. Há imagens aqui (não oficiais) reforçando a afirmação.
Além dos aspectos técnicos, a Microsoft estaria estudando como distribuir o sistema. Uma das ideias é oferecê-lo como um upgrade gratuito para quem utiliza o Windows 7 ou até mesmo o Windows XP, uma vez que o fim do suporte a esta versão pode dar uma forcinha para os usuários experimentarem outras plataformas.
Outra hipótese levantada – e mais tangível – é oferecer o Windows 8.1 with Bing para fabricantes de laptops também de graça ou com preços de licenciamento bastante acessíveis, o que deixaria estes equipamentos mais baratos e, consequentemente, mais atraentes. A proposta poderia se estender inclusive ao Windows RT e ao Windows Phone.
Quando poderemos ter detalhes mais precisos? Talvez em abril deste ano, mês em que acontece a Build, conferência anual para desenvolvedores da Microsoft que, nas edições passadas, foi palco para vários lançamentos importantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...