Banner

Saudação

Sejam Bem-Vindos! Hoje é

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Microsoft monta PC gamer capaz de rodar jogos em 12K



Você acha seu PC gamer incrível só porque ele consegue rodar jogos em 1080p com alto nível de qualidade gráfica e a taxas de 60 quadros por segundo? Pois saiba que a Microsoft criou um computador com configurações que fariam até mesmo sua máquina se envergonhar.
Isso porque a máquina desenvolvida por eles foi capaz de rodar games a absurda resolução de 12K, com a ajuda de três monitores 4K trabalhando em conjunto. O resultado, como você pode ver no vídeo acima, é simplesmente impressionante, trazendo o game DiRT 3 com gráficos absurdamente detalhados.


Jogando com apenas uma das telas 4K, o game ficou ainda mais bonito: embora sem a vantagem da visão panorâmica, foi possível rodar DiRT 3 na qualidade máxima e ainda manter tudo rodando a uma taxa de mais de 100 quadros por segundo, em média – de fato, segundo os registros de Gavin Gear no Extreme Windows Blog, o título chegou a marca de 150 fps.
Qualidade distante
Por mais que esse resultado seja realmente incrível, o fato é que você não deve esperar ver pessoas com máquinas como essa tão cedo. Em primeiro lugar, um computador como esses custou a “bagatela” de 15 mil dólares (R$ 33,6 mil) para ser montado, com um hardware que incluía nada menos que três Radeon 7970 em Crossfire.
Em segundo lugar, praticamente nenhum game está preparado para suportar tamanha resolução. Tanto que Gavin teve que pedir a ajuda da AMD para criar um driver especial para trabalhar com o hardware que ele estava utilizando; mesmo assim, o jogo rodava a míseros 8 quadros por segundo, até que eles se viram obrigados a utilizar a terceira 7970.
Passando todos esses obstáculos, Gavin encontrou um último problema: tal configuração consumia tanta energia que a fonte utilizada na máquina simplesmente não foi capaz de aguentar, desligando após poucos minutos de jogo. É, parece que realmente é melhor nos contentarmos com o 1080p, por enquanto.

Gradiente recusa acordo com Apple pelo nome iphone



A Gradiente pediu para ser dona do iphone em 2000 e conseguiu isso oito anos depois; já a Apple abriu requerimento só em 2007, quando lançou a primeira versão do smartphone iPhone. Em fevereiro deste ano, o INPI (Institudo Nacional de Propriedade Industrial) considerou que a Gradiente é quem responde pela marca, e então a Apple passou a contestar o órgão.
Em nota, a IGB Eletrônica, responsável pela Gradiente, disse que os advogados da Apple a procuraram para tentar um acordo, a fim de usar legalmente o nome iphone por aqui, mas ele foi negado.
"A companhia decidiu dar andamento no processo judicial por ela movido em São Paulo e contestar o processo que é movido contra o INPI (...) e contra a companhia na Justiça Federal do Rio de Janeiro", diz o documento, divulgado pela Reuters.
A empresa também diz que "segue otimista, e no meio tempo será lançado um novo modelo de 'iphone' com a marca Gradiente". Entretanto, o pedido da Gradiente de suspender imediatamente as vendas da Apple não foi deferido.

O novo aparelho, inclusive, já foi mostrado. É o iphone C600, que você pode conhecer aqui.

Uma #ALERTA Preocupante: Falha na criptografia de cartões SIM permite o sequestro de telefones celulares


chip celular

Karsten Nohl, especialista em segurança móvel e fundador da Security Labs Research em Berlim, Alemanha, identificou uma falha na criptografia de cartões SIM, que pode permitir o sequestro e acesso remoto de telefones celulares por cibercriminosos. A falha permite que cibercriminosos tenham acesso à chave digital do SIM, uma sequência de 56 dígitos que libera o chip e sua modificação. As informações são do jornal The New York Times.
O especialista afirma que, com a chave em mãos, os atacantes são capazes de enviar um vírus para o cartão SIM por meio de uma mensagem de texto, que impossibilitará que o usuário escute chamadas telefônicas feitas pelo hacker, além de permitir compras via pagamentos móveis. O criminoso poderá até se passar pelo verdadeiro proprietário do aparelho e da linha.
Em apenas dois minutos e usando um computador pessoal simples, Nohl conseguiu identificar a falha e estima que cerca de 750 milhões de celulares em todo o mundo podem estar vulneráveis a ataques desse tipo. "Podemos instalar remotamente o software em um aparelho que opera de forma totalmente independente do seu telefone", explicou. "Podemos espioná-lo. Sabemos todas as chaves criptografadas para ligações. Podemos ler os seus SMSs. Mais do que espionagem, podemos roubar dados do seu SIM, sua identidade móvel e gerar cobranças em sua conta".
O pesquisador afirma que a falha na criptografia dos cartões SIM identificada por ele é resultado de um método de criptografia criado nos anos 1970, chamado padrão de criptografia de dados (DES). Depois de identificar a falha, Karsten Nohl testou cerca de mil cartões SIM rodando em redes móveis da Europa e da América do Norte por dois anos. Com isso, Nohl e sua equipe puderam determinar que um quarto dos cartões SIM que rodam o sistema de criptografia antigo podem estar expostos à falha.
O padrão DES de criptografia é utilizado, atualmente, por pelo menos metade dos cerca de seis bilhões de celulares em uso diariamente. Na última década, a maioria das operadoras móveis adotou um novo padrão, conhecido como Triple DES, mas muitos chips ainda rodam no padrão anterior.
A pesquisa, que levou dois anos para ser concluída, foi feita em parceria com a GSM Association, órgão com sede em Londres, Inglaterra, que representa a indústria da telefonia móvel. Os resultados finais do estudo devem ser apresentados no dia primeiro de agosto durante a conferência Black Hat, que acontece em Las Vegas, Estados Unidos.


Fonte: http://canaltech.com.br/

Apple estar em busca gerente para sua primeira loja no Brasil; o salário é de R$ 10.000

Apple Store

A Apple procura profissionais com experiência de mais de dez anos em varejo de luxo para receber um salário mensal de R$ 10 mil e gerenciar a primeira Apple Store do país, que será aberta no Rio de Janeiro. De acordo com informações divulgadas pelo jornal Folha de S.Paulo, uma headhunter da empresa veio até o Brasil este mês e usou o Linkedin para convocar alguns candidatos para almoços e cafés.
Já os vendedores devem ter um salário de cerca de metade desse valor. O jornal paulista ressalta que o norte-americano The New York Times revelou no ano passado que os vendedores da Apple recebiam em média US$ 11,91 (R$ 27) por hora. No mês, considerando um período de 40 horas semanais trabalhadas, um vendedor da Maçã recebia US$ 2.096 (cerca de R$ 4.667). 
A previsão é que a loja da Apple no país seja aberta até dezembro deste ano, e, de acordo com um dos candidatos entrevistados para o cargo de gerente, ela ficará "em uma região rica da cidade [Rio de Janeiro], que está crescendo". De acordo com rumores recentes, um dos principais problemas para a inauguração da loja brasileira da Apple se deve à dificuldade de preencher as vagas abertas, já que, dependendo do cargo, o novo funcionário terá que receber treinamento nos Estados Unidos.


Fonte: http://canaltech.com.br/

#Dica! Windows: o que fazer quando "A tela azul da morte" aparece

tela azul

Tudo estava funcionando normalmente até que, de forma inesperada e sem aviso prévio, ela aparece. A tela azul da morte (Blue Screen of Death) é o pesadelo da maioria dos usuários Windows, já que ela faz com que você perca absolutamente tudo o que estava fazendo, sendo preciso reiniciar a máquina. 
Menos frequente mas ainda presente nas versões mais recentes do Windows, a tela azul da morte pode ser entendida como um alerta de que nem tudo corre bem dentro do seu PC. Veja algumas dicas do que fazer quando ela aparecer.


1.Entendendo a tela azul

Por mais desesperado que você possa ficar quando ela aparecer, é importante buscar entender o que a tela azul da morte está tentando dizer. Apesar de, à uma primeira olhada, as informações parecerem grego na tela, elas estão dispostas de uma maneira bastante simples.

Tela Azul da Morte

Logo no início, é indicado o arquivo que pode ter causado o erro. No final da tela, após “Technical information”, segue o código da falha. Quando a tela aparecer, pegue um pedaço de papel e anote essas informações – ou tire uma foto. Você poderá fazer uma pesquisa no Google com esses dados e encontrar pessoas que tiveram o mesmo problema que o seu, podendo encontrar soluções rápidas.


2.Erro nos drivers

Um dos problemas mais comuns que causam a tela azul da morte é o erro em drivers desatualizados ou que foram atualizados com problema. Sendo assim, temos duas situações:
a) Caso você tenha atualizado algum dos drivers recentemente, tente revertê-lo à versão anterior. Para isso, clique em “Iniciar” e em “Executar” (ou a combinação de teclas Win+R). Digite o comando “devmgmt.msc” e pressione Enter. Basta então dar um duplo clique no dispositivo e selecionar a aba “Driver”, clicando em “Reverter Driver”.
b) A segunda opção é buscar atualizações que estejam faltando nos seus drivers, indo diretamente ao site de cada um dos desenvolvedores do hardware.


3.Temperatura

Outro problema que pode ter gerado a tela azul da morte é o superaquecimento do sistema. É importante verificar se as saídas de ar estão livres e se os coolers estão funcionando de maneira adequada. Quando a máquina atinge uma temperatura alta demais, o travamento é uma forma de prevenir uma catástrofe ainda maior.


4.Memória RAM

O bom desempenho da memória RAM é fundamental para o funcionamento do seu computador. Por isso, verifique a saúde dos módulos, já que essa pode ser também uma das causas da tela azul da morte. Utilize um programa como o MemTest para verificar seu funcionamento.


Fonte: http://canaltech.com.br/

Estudo: Revela que fotos demais no Instagram pode causar depressão e é pior que o Facebook!

instagram

Você organiza o cenário, arruma o cabelo e tira vinte fotos, alternando os ângulos e as poses. Feito isso, é hora de escolher as melhores imagens, sempre com cuidado, afinal, ela vai parar no Instagram e será silenciosamente julgada por todos os seus amigos. 
Acredite, não é só você que faz isso. E deslizar os dedos pela tela do smartphone em busca das fotos dos seus conhecidos pode desencadear sintomas depressivos, segundo um estudo conduzido por Hanna Krasnova, da Humboldt University, de Berlim, na Alemanha. 
“Se você vê belas fotos de um amigo no Instagram, uma forma de compensar isso é apresentar fotos ainda melhores, e então seu amigo vê as suas fotos e posta fotos ainda melhores e assim por diante. A autopromoção gera ainda mais autopromoção e o mundo das mídias sociais fica ainda mais distante da realidade”, disse Hanna ao Slate.


Imagens, curtir e comentários

Em estudos anteriores foi constatado quais são os três principais fatores que causam sentimentos depressivos na rede social: imagens, curtir e comentários. Todos sabemos que uma imagem diz por mil palavras e nas redes sociais isso não seria diferente. Ver que as outras pessoas estão tendo bons momentos (principalmente quando estão de férias) ou que apresentam um padrão de beleza ideal influencia na autoestima sim. 
Já os "curtir" e os comentários funcionam como mecanismos de aprovação. Se você posta uma foto sua e ela só recebe dois ou três "curtir", sua autoestima fica mais baixa do que se você tivesse ganho dez ou vinte. O mesmo vale para os comentários. 
E justamente os três principais fatores do Facebook que levam a uma baixa autoestima e a sentimentos depressivos são aqueles que compõe o Instagram. Na rede, você posta fotos e aguarda os "curtir" e os comentários. Mas tome cuidado para que, se eles não vierem, sua autoestima não fique no chinelo.


O uso errado

Vale lembrar que não são as redes sociais em si que são ruins e desencadeiam sentimentos de baixa autoestima e inveja, mas o uso que fazemos dela. Conversar com amigos e trocar algumas fotos é um uso saudável e social de manter contato com as pessoas. Contudo, passar horas lendo postagens e vendo fotos pode fazer mal.


Fonte: http://canaltech.com.br/

Nokia lança uploader de vídeos para o YouTube em smartphones com Windows 8

Aplicativo permite enviar gravações da memória do aparelho ou diretamente do Nokia Video Trimmer.

Nokia lança uploader de vídeos para o YouTube em smartphones com Windows 8

O relacionamento complicado entre o Windows Phone e o YouTube não é novidade para ninguém, com a disputa entre seu donos no mercado de smartphones. No entanto, isso não impediu a Nokia de superar essas barreiras e lança um novo aplicativo que permite fazer uploads para o site de vídeos da Google diretamente do celular.
O YouTube Uploader possibilita que você envie suas gravações para os servidores da rede social selecionando o arquivo no seu aparelho ou diretamente no app Nokia Video Trimmer, imediatamente após a captura e corte das imagens.
Inicialmente, o novo programa só pode ser instalado no Lumia 1020, mas a descrição e as especificações do aplicativo indicam que ele deverá ser disponibilizado em breve para os demais aparelhos da fabricante finlandesa que fazem uso do Windows Phone 8.


Fonte: http://www.tecmundo.com.br/

Chromecast: tudo o que você precisa saber sobre o lançamento da Google que chega ao mercado ainda neste mês

Produto anunciado ontem pela empresa custa apenas US$ 35 e deve chegar às lojas norte-americanas ainda neste mês.
Chromecast: tudo o que você precisa saber sobre o lançamento da Google

A Google anunciou ontem (25) o lançamento de um novo produto: trata-se do Chromecast, um pequeno dispositivo que permite que você compartilhe imagens via streaming com facilidade a partir de um dispositivo mobile, como um tablet ou smartphone, diretamente para a TV.
Funcionando de maneira extremamente simples e com um custo bastante acessível – apenas US$ 35 (o equivalente a R$ 80, sem impostos) –, o Chromecast recebeu milhares de pedidos durante a pré-venda promovida pelo site da Google logo após o fim da conferência. Mas afinal o que é exatamente o Chromecast, como ele funciona e de que maneira ele pode facilitar a sua vida no dia a dia?

Por que lançar o Chromecast?


Assistir a vídeos via celular, tablet ou notebook já é uma realidade nos dias de hoje. Sites como YouTube e Netflix, por exemplo, permitem que mesmo usuários que não possuam conexões tão rápidas tenham acesso a filmes e documentários muitas vezes de forma gratuita.
Entretanto, embora esses aparelhos sejam os principais responsáveis pelo streaming desse tipo de conteúdo, os televisores – a melhor opção para se assistir a um vídeo – ainda estão de fora dessa revolução. E é justamente tentando “corrigir” esse problema que a Google imaginou uma forma de levar o conteúdo a que você já assiste normalmente para uma tela maior.

O que é o Chromecast?


O Chromecast não será, ao menos de início, um concorrente direto do Google TV ou da Apple TV. Em linhas gerais, trata-se de um recurso que permite, de forma simplificada, o streaming de conteúdo a partir de um tablet, smartphone, desktop ou notebook para a TV, utilizando para isso uma conexão WiFi.
O dispositivo é pequeno e tem o tamanho de um pendrive. Ele deve ser plugado em duas conexões do seu aparelho de TV: HDMI e USB. Caso a entrada da sua TV seja HDMI 1.4, não será necessário usar o adaptador USB. Dentro dele, há uma versão simplificada do Chrome OS que permite que o Chromecast possa ser sincronizado com a sua rede WiFi.
Ao acessar o YouTube pelo celular, você encontrará um novo botão, chamado “Chromecast”. Basta clicar sobre ele para que, automaticamente, sua TV seja ligada e o conteúdo em questão comece a ser exibido. Funcionando em segundo plano no aparelho, você pode continuar usando seu smartphone ou tablet normalmente.

Um produto acessível

Chromecast: tudo o que você precisa saber sobre o lançamento da Google (Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Outro fato que contribuiu para o interesse imediato no Chromecast foi o seu preço. Nas lojas norte-americanas ele estará disponível ainda neste mês por US$ 35 (o equivalente a R$ 80, sem impostos). Você já deve estar pensando: “mas no Brasil vai custar R$ 500”. A resposta é: não vai.
Já é possível comprá-lo em pré-venda por meio de alguns sites de importação por cerca de US$ 60 (o equivalente a R$ 140, com frete e impostos incluídos). Ou seja, a ideia é que o produto se torne popular e, pela receptividade do público nas primeiras 24 horas, ao que parece há um grande potencial para o gadget.

Compatível com quase tudo

Chromecast: tudo o que você precisa saber sobre o lançamento da Google

Outro ponto interessante, e bastante reforçado pela Google durante o anúncio do Chromecast, é a compatibilidade com diversos dispositivos, sejam eles da Google ou não. De imediato, o Chromecast é compatível com smartphones e tablets Android e iOS. Da mesma forma, você pode transferir o mesmo conteúdo também via Chrome para Windows ou para OS X.
Infelizmente, o Windows Phone 8 por enquanto ainda está de fora, mas isso se deve à falta de um app próprio da Google para a plataforma da Microsoft. Depois de alguns inconvenientes entre as duas companhias, no mês de maio elas anunciaram que vão desenvolver juntas um app para Windows Phone 8 e, quando ele for lançado, muito provavelmente terá compatibilidade com o novo recurso.


Fonte: http://www.tecmundo.com.br/

Nokia poderia estar trabalhando em um Lumia com tela de 6 polegadas ou seja um "Phablet"

Nokia poderia estar trabalhando em um Lumia com tela de 6 polegadas

Já se falava que a Nokia estaria entrando no mundo dos smartphones com telas bem grandes há algum tempo. Ainda assim, os últimos lançamentos da empresa ficaram limitados em torno de 4,5 polegadas, como o novíssimo Lumia 1020. Agora, já temos algo mais concreto para mostrar: a imagem que você confere acima, de acordo com os rumores, se trata do vidro de um Lumia que terá 6 polegadas de tela. Ou seja, um verdadeiro phablet da Nokia.
Falando em phablet, não dá para não pensar nas apostas da Samsung nessa área. O bem-sucedido Galaxy Note 2, com tela de 5,5 polegadas, é praticamente a referência no segmento, e a finlandesa parece estar a fim de bater de frente com a coreana com seu possível novo aparelho.
Além do tamanho da tela, não temos muitas informações sobre esse dispositivo gigante da Nokia. Ainda assim, como a Microsoft já confirmou que o Windows Phone 8 terá suporte para telas com 1080p em sua atualização GDR3, podemos imaginar que a Nokia deva aproveitar o recurso do SO e criar uma tela Full HD com 6 polegadas para os consumidores. Essa tela maior em tamanho e resolução poderia ainda trazer mais colunas para as live tiles no SO.
Com isso, podemos inferir ainda que o aparelho deva carregar um processador quad-core para lidar com a tela grande e de alta resolução. Contudo, o suporte para esse tipo de processador precisaria chegar ao WP8 com a GDR3 e tornar essas configurações possíveis.


Fonte: http://www.tecmundo.com.br/

Um disco rígido com 'apenas' 4 Terabytes: tá bom pra você? Veja a nossa análise de desempenho desse gigantão (apenas na capacidade) da Seagate, e que está à venda no Brasil

Seagate 4 TB

Quanto espaço em disco um usuário comum precisa? Para alguns, 200 GB já é o suficiente para atender à grande parte das necessidades de fotos, música e vídeos. Outros estão acostumados a utilizar serviços na nuvem e necessitam de somente alguns poucos gigabytes, mas o disco rígido da Seagate que vamos conhecer hoje não é voltado para nenhum desses dois tipos de usuários e sim para aqueles que possuem uma máquina ligada 24 horas por dia na rede transferindo arquivos.
Esses usuários costumam utilizar desktops com vários discos rígidos dedicados a armazenar dados e não estamos falando de pouca coisa. Em geral são modelos de 1 terabyte ou mais e o limite é a quantidade de portas SATA disponíveis na placa-mãe, sendo a única solução para quem precisa de muito, mas muito espaço disponível. Há poucos meses tínhamos discos rígidos de no máximo 3 terabytes devido às restrições físicas e tecnológicas do processo de fabricação de HDs, então que tal um que suporte até 4 terabytes?

Seagate 4 TB

Exatamente, cerca de 4000 gigabytes em um único disco para insultar o limite de 2 terabytes imposto pelo MBR de alguns computadores mais antigos, que exigiam a instalação de um programa específico para criar uma partição com todo o espaço disponível (é possível criar duas partições de 2 terabytes cada uma, mas qual é a graça?) chamado DiskWizard e desenvolvido e mantido pela própria Seagate. Com ele é possível ter uma partição gigantesca implorando por uma enorme quantidade de filmes em altíssima definição, backups completos e qualquer outro tipo de arquivo que não se preocupa com o tamanho que ocupa.
Ok, o HD tem 4 terabytes de capacidade. Encerramos por aqui então, certo? Afinal não temos muito mais o que falar, correto? Não! A performance do Seagate 4 TB nos deixou de boca aberta e nos fez reconsiderar nossa opinião sobre discos rígidos, afinal, quase nenhum modelo de HD que testamos até aqui conseguiu sustentar mais de 111 MB/s de transferência contínua. Rodamos alguns testes neste modelo e veja por que ficamos surpresos.

Seagate 4 TB

Configuração de testes
  • Processador: APU AMD A10-6800K, 4 cores rodando a 4,1 GHz (geração Richland), turbo de 4,4 GHz
  • Memória: 8 GB DDR3 rodando a 1600 MHz em dois canais (Kingston)
  • Placa-mãe: ASUS A85X (Hudson)
  • Disco primário: Western Digital 500 GB 7200 RPM Sata III
  • Fonte: 3RSystem  IceAge 500 watts
  • Windows 7 SP1 Ultimate


HD Tune Pro 5.50

O HD Tune Pro é uma das suítes mais completas de testes de discos rígidos, SSDs, Memórias RAM e até pendrives. O software é capaz de realizar inúmeros testes bastante detalhados e assim avaliar esses dispositivos em situações reais de uso. Na aba "Info" são listados os recursos do HD de 4 TB da Seagate, que se trata de um modelo com interface SATA III e possui todos os recursos esperados de um HD. Curiosamente, não se trata de um modelo com 5400 RPM nem 7200 RPM, mas 5900 RPM, o que a torna bastante silenciosa para um modelo desktop . Também não há TRIM, algo esperado em um disco rígido.

HD Tune Pro 5.50 - Info

Nos testes de leitura de dados do HD Tune Pro, o HD de 4 TB da Seagate obteve a performance próxima de um HD convencional, alcançando uma média de 132 MB/s de velocidade de transferência, com um pico de 166,1 MB/s e um mínimo de 74 MB/s, resultados surpreendentes para um HD. Estes números o colocam lado a lado com alguns SSDs de entrada. Pelo gráfico, podemos ver que o desempenho cai de forma contínua para arquivos muito grandes, como acontece em discos rígidos comuns.

HD Tune Pro 5.50 - Benchmark
Pela aba "File Benchmark", realizamos o teste de transferência de arquivos do HD Tune, que é mais rigoroso do que o de outros programas, e alcançamos velocidades de 133 MB/s de leitura e 120 MB/s de escrita, valores consideravelmente superiores ao de muitos HDs convencionais. Mesmo quando olhamos os tempos de acesso (linhas "4 KB random single" e "4 KB random multi") o HD de 4 TB se sai cerca de 50% melhor do que a maioria dos discos que temos no mercado.

HD Tune Pro 5.50 - File Benchmark

Em testes de acesso aleatório esperávamos que o HD de 4 TB alcançasse resultados melhores do que discos convencionais devido aos bons resultados anteriores, mas nos enganamos. Aparentemente, melhorias no desenvolvimento de um HD não superam as limitações desses dispositivos que, por serem mecânicos, não conseguem alcançar tempos baixíssimos de acesso como vemos nos SSDs. Neste teste, o modelo de 4 TB da Seagate se saiu basicamente como qualquer HD convencional, alcançando basicamente o mesmo número de operações por segundo (IOPS).

HD Tune Pro 5.50 - Random Access


CrystalDiskMark 3

CrystalDisk Mark é um programa gratuito e bastante simples, feito para medir o desempenho de dispositivos de armazenamento, e utilizamos blocos de 1000 MB como referência para os testes. Os resultados mostrados são as médias dos cinco resultados obtidos por operação e ficaram dentro do esperado e muito próximos dos alcançados no HD Tune Pro 5.50. Novamente temos um resultado bem melhor do que o de um HD convencional em leitura/escrita contínua, e ainda cravando um belo resultado em escrita de dados aleatórios. Curiosamente, ele se saiu pior do que o HD Tune Pro, programa que durante os testes sempre foi mais exigente do que  CrystalDiskMark.

CrystalDiskMark HD 4 TB


ATTO Benchmark

Utilizado por muitas empresas para comprovar as taxas de transferência de memórias primárias (memória RAM) e secundárias (discos rígidos e SSDs), o ATTO Benchmark realiza transferência de blocos de dados de 512 bytes até 8 MB e disponibiliza o resultado na forma de gráficos de barras. O desempenho ficou novamente muito próximo de um HD primário, com taxas de transferência mais baixas para blocos de 512 bytes até 8 KB e se comportando de forma estável entre 8 KB e 8 MB.
Neste teste os resultados foram os mesmos alcançados pelo CrystalDskMark, mostrando que há um padrão nas velocidades alcançadas, em geral cerca de 30% maiores do que um disco convencional.

ATTO HD 4 GB


Conclusão

O modelo de 4 terabytes da Seagate pode ser encontrado no Brasil por cerca de R$ 1000, preço mais alto do que quatro discos de 1 terabyte ou 2 discos de 2 terabytes. Para quem precisa de uma quantidade fora do comum de armazenamento ele é sim uma boa opção, lembrando que estamos falando de usuários que normalmente já possuem vários discos de 2 TB em suas máquinas e a única possibilidade é aumentar a capacidade por disco. Para este público, espaço sobrando nunca é demais.
A maior velocidade de transferência é uma boa notícia, claro, mas é difícil ver utilidade neste modelo como disco de armazenamento primário, sendo uma abordagem melhor utilizar um SSD de 128 GB ou 256 para o sistema e programas e discos maiores somente como dados, já que o benefício de velocidade contínua não é tão interessante se não é acompanhado de tempos de acesso menores.
Conversamos com o pessoal da Seagate e perguntamos qual é a técnica utilizada neste modelo, mais rápido do que HDs convencionais. Basicamente foi feita uma construção do zero em um projeto totalmente novo. Isso significa peças internas com tecnologia mais avançada, buffer maior (64MB) e mais rápido e um algoritmo mais inteligente da controladora de discos.


Fonte: http://canaltech.com.br/

Canonical anunciou durante essa semana: o Ubuntu Edge, um smartphone que poderá ser usado tanto como celular quanto um desktop convencional. Veja todos os detalhes do aparelho


Ubuntu Edge

Aqui no Tudo Pra Seu PC™ já publicamos algumas notícias sobre o Ubuntu OS e alguns detalhes sobre como essa nova plataforma móvel irá funcionar, mas até então não havia nada de muito concreto. Agora a Canonical, empresa por trás do desenvolvimento do Ubuntu (tanto na versão desktop como mobile) fez um anúncio oficial do primeiro aparelho projetado para rodar o Ubuntu OS: o Ubuntu Edge.
O aparelho por si só já chama bastante atenção, uma vez que estamos falando de algo que o usuário poderá utilizar tanto como um smartphone convencional quanto um desktop completo, onde ele poderá escolher qual forma utilizar na hora de iniciar o aparelho. Segundo Mark Shuttleworth, fundador do Ubuntu, "O Ubuntu Edge será a convergência máxima entre PC e smartphone, desafiando a diferenciação entre um e outro".
Para isso, especificações não faltam e o Ubuntu Edge poderá trazer 128 GB de armazenamento flash, 4 GB de memória RAM e, segundo o release oficial, também "o processador mais atual e rápido disponível". Não se sabe se é um modelo ARM utilizado nos smartphones atuais (onde o mais rápido atualmente é o Snapdragon 800 da Qualcomm) ou um x86 de PCs de mesa tradicionais, o que não seria uma surpresa já que a Intel já possui modelos à venda no mercado, como é o caso do Razr i.
Ubuntu Edge

Quer mais? A Canonical promete uma tela com resolução HD (1280x720) de 4,5 polegadas e construída em safira em vez do vidro convencional, o que não só resultará em uma qualidade de cores sem precedentes como também só poderá ser arranhada por diamante. As conexões não ficam para trás e o Edge trará uma antena especial dual-LTE (4G), resultando em velocidades massivas em redes móveis (quer dizer, não no Brasil né?), além de empregar uma tecnologia mais avançada de bateria.
As outras especificações incluem uma câmera traseira de 8 megapixels e frontal de 2 megapixels com "qualidade sem precedentes sob pouca luz", NFC, Bluetooth 4.0 e assim por diante, ou seja, o pacote completo. Inicialmente serão produzidas somente 40.000 unidades com preços de $600 no primeiro dia e $830 do segundo dia em diante. Mas isso só acontecerá se o projeto angariar US$32 milhões (cerca de R$ 70 milhões) em 30 dias pelo site Indiegogo.
Segundo Victor Palau, VP Mobile Delivery da Canonical, "a ascensão dos smartphones e o reconhecimento de que produtividade ainda exige o formato PC sugere uma ótima oportunidade para uma verdadeira convergência". Nada como carregar o PC no próprio bolso e ainda utilizá-lo como smartphone, correto? E você, usuário? Acha que o Ubuntu Edge fará sucesso em um cenário dominado por Androids e iPhones? Conte para nós nos comentários!


Fonte: http://canaltech.com.br/

Nova versão do Nexus 7 entra em pré-venda em site americano antes mesmo de ser anunciado. Tablet será vendido por até US$ 270. Conheça as especificações do aparelho

Google Nexus 7

A varejista norte-americana Best Buy se antecipou ao evento do Google que acontece na tarde desta quarta-feira (24) e liberou a pré-venda de dois novos modelos do Nexus 7. De quebra, ainda revelou o novo Android 4.3 Jelly Bean. A empresa exibiu em seu site a pré-venda dos modelos de 16GB e de 32GB do tablet do Google. As informações são do CNET.
Com base nos dados vazados pela Best Buy, o novo Nexus 7 será equipado com display de LCD de 7 polegadas com resolução de 1920x1200 pixels, Wi-FiBluetooth 4.0, processador Snapdragon S4 Pro de 1,5GHz, 2GB de memória RAM, câmera traseira de 5 megapixels e dianteira de 1,2 megapixels. A versão com 16GB está sendo anunciada por US$ 229,99 (R$ 514) e a com 32GBpor US$ 269,99 (R$ 603).

Google Nexus 7
Google Nexus 7Fotos: Reprodução: Best Buy

Acredita-se que além do novo Nexus 7 e da nova versão do Android, o Google deverá anunciar o tão especulado novo smartphone da Motorola, conhecido também como Moto X, durante o evento desta tarde. A conferência terá apresentação de Sundar Pichai, chefe da divisão Android.
No começo desta semana, o Moto X foi visto rodando em testes de benchmark, ajudando a aumentar as expectativas acerca de seu anúncio.


Fonte: http://canaltech.com.br/ 

Abaixo-assinado por GTA 5 no PC já tem 220 mil assinaturas



Um grupo cada vez maior de jogadores não está satisfeito com o fato de que a Rockstar decidiu ignorar o PC para o lançamento do jogo Grand Theft Auto 5. Já são 220 mil assinaturas em um abaixo-assinado virtual para trazer o game para a plataforma.

GTA 5 é o jogo mais aguardado para o restante do ano, mas até o momento, apenas os jogadores do Playstation 3 e Xbox 360 terão acesso ao game. 

"GTA tem sido parte da vida de muitas pessoas e é uma vergonha não vermos a nova edição do jogo sendo lançada na plataforma mais poderosa. Coisas como modificações sempre foram grande parte dos games para PC e um GTA modificado geram os momentos mais divertidos que você pode ter", afirma o abaixo assinado.

A Rockstar possui tradição em atrasar o lançamento de seus jogos para o computador, mas costuma levar uma versão para a plataforma. Os lançamentos mais recentes da empresa (Max Payne 3 e L.A. Noire), e até mesmo GTA 4, também foram lançados primeiro para os consoles, mas chegaram para o PC posteriormente. Entretanto, Red Dead Redemption nunca foi lançado para o Windows.

A tendência é que a Rockstar lance, sim, seu jogo para o PC, mas que o lançamento seja atrasado em alguns meses, como forma de combate à pirataria que é inerente à plataforma.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/

terça-feira, 30 de julho de 2013

Brasil perde até para a Coreia do Norte e é 73º em ranking de velocidade da internet



A velocidade média da conexão à internet no Brasil foi de 2,3 Mbps no primeiro trimestre do ano, abaixo da média global de 3,1 Mbps. Mesmo com pico de 18,9 Mbps, o país é apenas o 73º colocado em ranking divulgado nesta terça-feira, 23, pela empresa de armazenamento Akamai. Nessa posição, o Brasil perde até para a fechadíssima Coreia do Norte, que registrou velocidade média de 2,7 Mbps. 

Os dados compõem o estudo "State of Internet", realizado trimestralmente com a participação de 243 países. São avaliados, também, conectividade de rede, tráfego de ataques e adoção de banda larga com base nas estatísticas disponibilizadas pelas empresas que usam as soluções da companhia.

A velocidade dos provedores móveis analisados no Brasil atingiu 1,1 Mbps, enquanto a média global flutua entre 0,4 Mbps e 8,6 Mbps. Nove provedores mostraram conexão na faixa de banda larga (superior a 4 Mbps) e outros 64 entregaram resultados médios abaixo disto.

O Brasil é listado como a 8ª maior fonte de ataques (2,2% de participação), sendo que China e Indonésia concentram mais de 50% das ameaças. As 10 regiões mais visadas correspondem a 80% do volume identificado. 

208 ataques DDoS foram reportados pelos usuários da Akamai, pouco acima dos 200 do último período. Deles, 35% foram grandes corporações – que incluem instituições financeiras. Todas as ameaças foram indicadas por 154 empresas únicas, o que mostra que muitas delas foram alvos de ameaças por mais de uma vez.

Mais de 733 milhões de endereços IPv4 ou regiões estiveram conectados à plataforma usada para a realização da pesquisa. O Brasil aparece na 7ª posição, com crescimento de 4,8%. Ao considerar todos os países e regiões conectadas, 75% apresentaram aumento em endereços IP durante o período avaliado.

A íntegra do relatório pode ser consultada neste link.

LG G2: empresa anuncia evento para apresentar seu novo smartphone topo de linha

LG G2

O smartphone LG G2 será apresentado pela sul-coreana durante um evento que acontecerá dia 07 de agosto, em Nova York, às 11h do horário local (10h no horário de Brasília) com transmissão via YouTube. A página da LG Mobile dedicada ao G2 traz um widget de contagem regressiva para o evento e um vídeo promocional – que não mostra muitos detalhes do aparelho, mas diz que o smartphone irá "aprender com você". 


O LG G2 é um smartphone top de linha que vem para concorrer com o iPhone 5 da Apple e o Galaxy S4 da Samsung. Até o momento, sabemos apenas que o aparelho vai contar com o poderoso processador Qualcomm Snapdragon 800 e GPU Adreno 330, um hardware de dar inveja a muitos smartphones do mercado.


Fonte: http://canaltech.com.br/

E se o Facebook tivesse uma versão paga? Você pagaria?



O cofundador do Twitter Biz Stone fez uma sugestão que de tempos em tempos surge para tentar Mark Zuckerberg: o Facebook deveria cobrar assinatura.
Stone não imagina que todos devem pagar para usar a maior rede social do mundo, mas que o site poderia dar uma opção premium a quem deseje acessá-lo sem ter de topar com uma das muitas opções de publicidade que existem por lá.
"Em geral, as publicidades do Facebook não parecem particularmente úteis ou interessantes. Entretanto, as publicidades do serviço são universalmente toleradas porque é isso que faz o Facebook ser gratuito e gratuidade é legal", comenta ele em seu blog.
Criador de plataformas minimalistas e intuitivas como o Twitter e o Medium, Stone não se dá bem com serviços muito complicados e o Facebook, hoje, é uma rede social com várias opções, configurações e recursos. Para ele, a publicidade, então, se tornou um obstáculo a mais, que dificulta o pleno aproveitamento do site.
A contrapartida apresentada por Stone é tentadora: com o bilhão de usuários do Facebook, se apenas 10% deles pagassem uma taxa mensal de US$ 10 para se livrar das propagandas e talvez ter acesso a alguns recursos diferenciados, Zuckerberg faria brotar uma receita mensal adicional de US$ 1 bilhão.

Leitores: vocês pagariam para desativar a propaganda do Facebook? 


#Dica! Internet mais lenta do que o normal? Veja como medir a velocidade da sua conexão

internet

A sua conexão está mais lenta que de costume e baixar arquivos e abrir sites está difícil? Variações na conexão são mais comuns do que você pode imaginar, mas caso esteja curioso para saber a velocidade da sua internet, veja como fazer.
1.Feche programas como clientes de torrent e P2P;
2.Entre no site Speedtest da Copel Telecom;
3. Clique em "Iniciar Teste";
4.O serviço irá realizar uma série de testes, que deve demorar até um minuto;
5.No quadro será mostrada a velocidade de download (para receber arquivos) e de upload (para enviar arquivos). Logo abaixo é mostrado o seu número de IP atual e o Ping (também conhecido como latência).

internet mais lenta

No Brasil, a lei obriga que os provedores de internet forneçam, com base na velocidade mensal, no mínimo 60% da velocidade contratada. Dessa forma, dificilmente você conseguirá obter uma velocidade igual ou superior à do seu plano. 


Fonte: http://canaltech.com.br/

Já pensou se o seu relógio de pulso pudesse medir como anda a sua saúde? Se depender da Apple, esta será uma das novidades do iWatch, que pode vir com sensores que monitoram o corpo humano. Saiba mais

iwatch

 O CEO da Apple, Tim Cook, adora sua pulseira FuelBand da Nike, e agora parece que o acessório fitness pode servir de inspiração para que a Maçã construa seu próprio dispositivo vestível. Rumores dizem que a empresa já está contratando especialistas na área de tecnologia em saúde.
Conforme relatado pelo 9to5Mac, a Apple está contratando especialistas em sensores que monitoram o corpo humano. Esses profissionais são de empresas como AccuVein, C8 MediSensors e Senseonics. O relatório do site não menciona contratações específicas da AccuVein, mas diz que a empresa de Cook tem recrutado cientistas da companhia de bioanálise.
Dois nomes específicos apareceram no relatório do site especializado em notícias da Apple: Ueyn Block e Todd Whitehurst. Block deixou a C8 MediSensors em janeiro e foi contratado pela Maçã em março como líder de sensoriamento óptico – de acordo com informações do seu perfil no Linkedin. Já Whitehurst era responsável pela equipe que desenvolveu um "monitor contínuo de glicose implantável" na Senseonics e foi contratado pela Apple recentemente como diretor de desenvolvimento de hardware.

Tim Cook FuelBand Nike

O mercado de tecnologia vestível deverá ganhar ainda mais popularidade nos próximos anos: a Canalys acredita que até o final de 2014 serão vendidos mais de cinco milhões de relógios inteligentes em todo o mundo. Lembrando que outros gadgets, como o Google Glass, também fazem parte do mercado wearable e não estão inclusos nessa previsão.
Um relatório recente divulgado pelo Financial Times alegou que a Maçã está contratando "agressivamente" novos projetistas para resolver problemas de engenharia do seu relógio inteligente que a atual equipe do projeto não foi capaz de solucionar. 
Outros rumores acerca do smartwatch da Apple incluem pedidos de patente para proteção do nome iWatch em locais como Rússia, Japão, México e Taiwan. Além disso, no início de julho, a Apple contratou o ex-CEO da marca Yves Saint Laurent para cuidar de uma área descrita como "projetos especiais". Acredita-se que ele poderá ajudar a Apple na consolidação do seu mercado varejista, bem como no desenvolvimento de tecnologias "vestíveis", incluindo o esperado relógio inteligente.


Fonte: http://canaltech.com.br/

Apple confirma que o seu Dev Center foi violado por hackers




Após 3 dias de silêncio a respeito do porquê do iOS Developer Center estar em baixo, sem serviço, a Apple confirmou finalmente que estão a investigar uma violação de segurança no sistema.
Os developers começaram ontem a receber um email com a informação oficial da Apple, com essa indicação.

De acordo com o e-mail, a Apple detectou uma falha de segurança nos seus servidores do iOS Developer Center na passada quinta-feira. Embora a maioria das informações presente nos servidores esteja cifrada, a Apple não esconde também que  os hackers podem ter conseguido o acesso ao nome dos developers e aos respectivos emails e listas de endereços.

Ainda não há data para a abertura do iOS Developer Center
Segundo consta e embora estejam ainda a verificar conta a conta, os invasores podem estar agora a tentar usar os dados a que tiveram acesso ​​em seu benefício, uma vez que nos últimos dias têm sido solicitados vários pedidos para redefinir a palavra passe de muitos developers. Estas mensagens podem ser vistas no Twitter onde muitos outros testemunhos confirmam estas tentativas.
Segundo os últimos dados da Apple o ataque apenas afectou as contas dos developers; as contas do iTunes não foram comprometidas. Os dados dos cartões de crédito também não foram comprometidos,
A Apple esperou 3 dias para tentar perceber qual a dimensão do ataque e o que havia sido comprometido. Ainda não há uma data para o iOS Developer Center voltar a abrir.
A intrusão da última quinta-feira marcou um ataque cibernético raro na rede da empresa dos EUA e vem num momento em que os programadores de apps de terceiros estão a testar as suas aplicações no iOS 7 – sistema operativo a ser lançado no próximo outono..

Tumblr lança ferramenta que permite a criação de GIF's usando sua WebCam

tumblr

Ao invés de passar horas e mais horas procurando pelo GIF ideal para seu novo post, os usuários do Tumblr agora poderão fazer suas próprias animações a partir de suas webcams, como revelou a empresa em seu blog oficial. Os usuários poderão clicar sobre o ícone 'Take a Photo' (tire uma foto, em tradução livre) em postagens com fotos, selecionar a opção 'GIF' e começar a gravar sua própria imagem.
O novo recurso é um dos primeiros passos da empresa para tornar a plataforma Tumblr ainda mais interessante, com os usuários encontrando novas maneiras de se expressar e podendo criar, quem sabe, novos GIFs que irão fazer sucesso em toda a web.
Por enquanto, a nova função para a produção de GIFs animados a partir da webcam está disponível apenas na versão para desktop do Tumblr. Ainda não há previsão para o lançamento da nova ferramenta para os aplicativos móveis da companhia.


Fonte: http://canaltech.com.br/ 

Atualização do Internet Explorer 11 promete agradar desenvolvedores

Prévia traz ferramentas para monitorar performance e uso de memória.




A Microsoft liberou hoje uma nova prévia das atualizações do Internet Explorer 11, a nova versão do sistema operacional para o Windows 7. As novidades prometem agradar bastante a quem desenvolve para o navegador, já que muitas das adições são voltadas a facilitar o trabalho.

Entre as novidades estão ferramentas para monitorar a performance do software e o uso de recursos do sistema. Além disso, a Microsoft promete a versão mais rápida do JavaScript que, de acordo com a empresa, funciona 50% mais rápida no IE em compração ao Google Chrome. Também foram implementados sistemas de decodificação de imagens na placa de vídeo e priorizações de carregamentos para otimizar o uso dos recursos do computador.

Um destaque da atualização são as novas ferramentas de análise em tempo real do uso da memória. Agora, será possível observar o carregamento de uma página e saber exatamente quais são os elementos que não estão tendo boa performance, bem como enxergar onde estão os gargalos a serem corrigidos.

A Microsoft afirma que está fazendo as modificações no Internet Explorer de acordo com o feedback da comunidade. Como os sistemas operacionais da empresa cada vez mais dependem de desenvolvedores de aplicativos, nada mais adequado do que ouvir o público na hora de criar as ferramentas nativas do sistema.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br

TV Globo e TV Japonesa (NHK) fecham parceria para desenvolvimento da tecnologia de imagens 8K

Parceria TV Globo e NHK resolução 8K

A resolução 4K, conhecida também como Ultra HD, ainda nem faz parte da realidade das pessoas, mas a geração de alta definição que a superará já está sendo desenvolvida – e o Brasil faz parte dessa pesquisa. A TV Globo fechou uma nova parceria com a TV pública japonesa NHK para o estudo e desenvolvimento da tecnologia 8K, que proporciona imagens com resolução 16 vezes maior do que o Full HD. As informações são do jornal O Globo.
Depois da realização de testes bem sucedidos com a resolução 8K durante o Carnaval 2013 e a Copa das Confederações, a TV Globo está acompanhando de perto e contribuindo com o desenvolvimento da tecnologia no Japão, que deverá estrear as transmissões via satélite em 8K em 2016 e via terrestre em 2020.
O diretor de engenharia de entretenimento da TV Globo, Raymundo Barros, afirmou que a resolução 8K é a evolução natural para a televisão. "Começamos com a TV analógica, 60 anos atrás. Depois viemos para a TV digital, em HD, e agora o Japão tem uma previsão de que em 2016 estará fazendo experiências reais de transmissão em 8K ou Super Hi-Vision, como é chamada lá", disse.
Barros explicou que a resolução 8K, ou o equivalente a 7680x4320 pixels e com 22,2 canais de áudio, proporciona a criação de telas grandes e que não necessitam que o espectador sente a uma grande distância dela. Como a resolução é alta, o espectador pode se sentar próximo da tela e visualizar a cena com qualidade, tendo a sensação de estar "dentro da imagem".
Para a implementação da resolução 8K no Brasil ainda é necessária a solução para as questões envolvendo o espectro, colocando emissoras de TV e operadoras de telefonia móvel frente a frente na disputa por algumas faixas que são utilizadas pela TV aberta. "Todo mundo quer o espectro e, no momento, as faixas atualmente utilizadas pela televisão têm outros interessados. Só que a TV tem as suas próprias necessidades para continuar evoluindo", afirmou Barros.
O executivo ainda informa que a TV Globo não teve problemas na mudança do padrão SD para o HD e que a implementação do HD aconteceu sem interromper a programação da emissora. A empresa tem planos de fazer a migração do HD para o 8K da mesma forma, no entanto, especula-se que o tamanho dos arquivos pode representar um grande desafio, já que um minuto em HD equivale a 10GB e o mesmo minuto em 8K varia entre 360GB e 1,4TB.


Fonte: http://canaltech.com.br/

Google pensa duas vezes antes de instalar datacenters no Brasil. Entenda os motivos

Fábio Coelho, presidente da Google, diz que a arquitetura da rede brasileira é um ponto delicado quando se pensa na instalação de armazenadores de dados no país.





O Marco Civil da Internet, iniciativa legislativa datada de 2009 que visa regulamentar o uso da web no Brasil, tem sido bem visto por Fábio Coelho, presidente da sede brasileira da Google. Mas em conversa nessa terça-feira (23) com Paulo Bernardo, nosso ministro das Comunicações, um ponto de tensão acabou sendo levantado. Em referência à instalação de datacenters pelas terras tupiniquins, Bernardo disse que “essa parte da conversa foi um pouco mais seca”.
O que deixou nosso político encucado foi o fato de que a Google é a segunda empresa em receita publicitária no Brasil – o que, a princípio, mostra o quão receptivo o país é às tais instalações. O ministro, que acha “difícil acreditar” na negação destes possíveis gastos, comentou que Fábio está preocupado não necessariamente com o mercado em si. “Não é só questão financeira, mas de arquitetura da rede”, observou o executivo da Google.
Google pensa duas vezes antes de instalar datacenters no BrasilPor dentro de um dos datacenters da Google. (Fonte da imagem: Reprodução/YouTube/Google)
Contudo, e ainda sobre o projeto Marco Civil da Internet, o ministro disse que uma votação deve ser, em breve, feita. “A situação mudou, e há melhores condições para a votação. Por isso, sugerimos à Casa Civil e à Secretaria de Relações Institucionais que o governo peça urgência constitucional ao projeto”, afirmou Bernardo.

Por que ela não usa seus balões?

Lembra-se do projeto “Loon”, uma iniciativa da Google que pretende distribuir internet por todo o globo por meio de balões (clique aqui)? Pois esse foi, também, um dos assuntos tratados por Paulo Bernardo. “Eles [a Google] têm balões que podem prover internet na Amazônia.Tanto com balões fixos como com os que voam a mais de 30 km de altitude”.


Fábio Coelho replicou, dizendo que Bernardo deveria visitar a empresa nos Estados Unidos para dizer isso pessoalmente a seus chefes. Ao final da reunião, o presidente da Google não respondeu às perguntas feitas por jornalistas. Ele apenas manifestou apoio ao Marco Civil da Internet e reiterou o convite feito ao nosso ministro.


Fonte: http://www.tecmundo.com.br/

Apple faz o alerta: 'Não recarreguem seus celulares com falsos carregadores'

apple

Depois de dois acidentes graves envolvendo donos de iPhones e carregadores falsos na China, levando uma das pessoas à morte e a outra permanecendo em estado grave em um hospital, a Apple lançou uma página para os consumidores chineses explicando e dando informações sobre seus adaptadores. A página informa que a segurança dos consumidores sempre foi a principal preocupação da companhia e que seus aparelhos passam por testes rigorosos. As informações são do The Next Web.
"Quando você recarregar o seu iPhone ou iPad, sugerimos que você use todos os adaptadores USB com seus cabos USB correspondentes. Esses adaptadores e cabos podem ser adquiridos como itens individuais da Apple e em revendedores autorizados Apple", afirma a página.
Página adaptadores Apple ChinaFoto: Divulgação

Abaixo da mensagem, o site apresenta imagens detalhadas dos seus adaptadores para os modelos mais recentes de produtos Apple, bem como seus cabos correspondentes com setas vermelhas apontando para os rótulos de garantia oficiais da empresa. Com o lançamento da nova página, a Maçã estaria se esforçando para oferecer suporte ideal aos seus clientes após os incidentes e também depois de vivenciar um ano conturbado e cheio de críticas sobre o seu pós-venda na mídia chinesa.


Fonte: http://canaltech.com.br/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...